terça-feira, novembro 10, 2009

Insônia maldita

Mais uma madrugada vagando pela casa. Cabeça pesada, corpo cansado, olheiras e muita ansiedade. Esta maldita insônia não me deixa em paz. Ler e escrever são as únicas coisas que me restam a fazer nestas horas intermináveis que se arrastam madrugada afora.